4.5.09

Companheeira . . .

Quando mais preciso é você quem me faz companhia, às vezes até tarde da noite. Quando eu acordo você ainda está comigo. Você não fica longe por um segundo se quer e quando eu mais quero - e quando também não tô muito afim - você está comigo. Momentos de "fossa" você me dá conselhos, às vezes me põe pra baixo mais ainda, só que em muitas vezes me diz coisas que eu jamais pensei antes. Se tô feliz você vem comigo, se tô mal, quem disse que você não vem também? Você me alegra, me emociona, me faz rir, me faz chorar; você é bastante paradoxal. Certas vezes você vem de formas diferentes, surpreendo-me mas logo depois me acostumo, é o seu jeito. Você é a única que nunca me deixou e sei que pode todo mundo partir, mas você sempre existirá em minha vida, não importa o momento. Às vezes você me irrita, te ponho para escanteio, mas passados alguns segundos te quero de novo. Você é meu vício, minha mania. É, eu não estou exagerando; você me ensina muitas coisas e obrigada por isso. Quem te inventou eu não sei, mas se eu conhecesse agradeceria demais. Desde que te achei nunca mais troquei por nada. Sem você a vida é chata, confesso. É meio sem sentido, porque você é a minha inspiração para muitas coisas. Você me dá muitos motivos para isso. Quem é ela? É a música. Que me faz bem, que eu não vivo sem.

;;